Mensagem do Prelado (outubro de 2017)

A fidelidade de um cristão é uma fidelidade agradecida, porque não somos fiéis a uma ideia, mas a uma Pessoa: «Jesus, que bom és Tu, que bom!».

Cartas pastorais e mensagens
Opus Dei - Mensagem do Prelado (outubro de 2017)

As recentes datas de 2 e 6 de outubro, aniversários da fundação da Obra e da canonização de S. Josemaria, convidam-nos uma vez mais a percorrer o nosso caminho com gratidão e fidelidade. "Que bom é o Senhor, que nos procurou, que nos deu a conhecer esta maneira santa de ser eficazes, de entregar a vida com simplicidade, de amar todas as criaturas em Deus e de semear paz e alegria entre os homens! Jesus, que bom és Tu, que bom!" (Carta 11-3-1940, nº 78).

Recordemos a oração de D. Javier pela fidelidade de todas e de todos, nas suas últimas horas nesta vida. A fidelidade de um cristão é uma fidelidade agradecida, porque não somos fiéis a uma ideia, mas sim a uma Pessoa: a Cristo Jesus, Senhor nosso, que - cada um de nós o pode dizer - "me amou e Se entregou por mim" (Gal 2, 20). Saber que somos amados pessoalmente por Deus anima-nos, com a Sua graça, a um amor fiel e perseverante. Um amor cheio de esperança no que Deus fará na Igreja e no mundo, com a vida de cada uma e de cada um, mesmo no meio da nossa fragilidade.

Roma, 10 de outubro de 2017