VEPinho: reforço escolar e formação humana

O VEPinho é um projeto social que dá apoio escolar gratuito e formação humana a alunos da rede pública, rapazes do 6º ao 9º ano do ensino básico da zona sul de São Paulo, facultado no espaço do Centro Escolar Profissionalizante Pedreira.

Iniciativas sociais
Opus Dei - VEPinho: reforço escolar e formação humana

Os alunos, na sua maioria da escola pública, obtêm um valioso auxílio de formação intelectual e humana, e ainda participam em atividades recreativas depois das aulas. O projeto é totalmente gerido por voluntários, muitos deles ex-alunos do CEAP.

Há 15 anos a ajudar

Quando começou, em 2002, o VEPinho dava aulas preparatórias para quem desejava entrar para o CEAP Pedreira. Nessa época, chegou a atender mais de 200 alunos por ano.

Recentemente, o foco mudou: o VEPinho tornou-se um projeto de apoio escolar independente do CEAP, e o número de vagas foi reduzido a 100, para que os professores pudessem dar atenção especial a cada aluno. Com essa redução, os jovens que fazem o VEPinho podem receber uma formação personalizada, de acordo com seus pontos fracos e suas aptidões.

Atualmente, o VEPinho disponibiliza todos os sábados de manhã aulas de reforço em Português e Matemática para rapazes dos 11 aos 14 anos. Mas isso não é tudo. Os organizadores do projeto perceberam que, para realmente ajudar estes jovens, é importante ir além da grelha curricular tradicional.

Nesta idade, em que começa a transição da infância para a vida adulta, é especialmente importante preocupar-se com a formação humana dos rapazes. O VEPinho tem isso em conta. Depois de Matemática e Português, os alunos têm aulas sobre virtudes humanas, em que aprendem, por exemplo, a necessidade da organização e da diligência nos estudos, a importância de uma amizade leal e sincera, e o valor da honestidade com as pessoas. Para os que desejam, também há a opção de receber catequese dada por voluntários católicos.

Depois das aulas –que vão das 9h às 12h–, chega o momento que os alunos costumam esperar com ansiedade: uma hora de desporto e de convívio, com a participação dos voluntários.


Amizade entre os voluntários

Depois do desporto e do convívio, os pais vão buscar os alunos, e os voluntários do VEPinho descansam juntos . Um restaurante próximo patrocina-os, oferecendo o almoço. À mesa, conversam sobre diversos assuntos e sobre o próprio projeto.

Duas vezes por ano, os voluntários participam de um convívio de trabalho de dois dias, no interior de São Paulo. É uma oportunidade para trocar ideias e planear o semestre seguinte. Além disso, assistem a palestras sobre virtudes humanas.

Evolução

Observando os alunos antes e depois de entrarem no VEPinho, fica claro o impacto do projeto nas suas vidas. Os conhecimentos aumentam, a capacidade de estudar melhora, e isso reflete-se nas notas. Não é fácil acordar cedo ao sábado, mas, vencida a batalha inicial contra a preguiça, a recompensa é grande e percetível.

Os voluntários do VEPinho disponibilizam-se, para os alunos que o desejam, a ter uma conversa individual periodica para facilitar a desenvolvimento dos estudantes, chamada tutoria. Nestas conversas, são abordados temas como relação com a família, desempenho nos estudos, ambições, dificuldades, amizades, virtudes e vida de oração. A tutoria é um momento para que o aluno se sinta valorizado e possa ser ajudado com mais eficácia.

Dia do desporto

Um evento semestral esperado por todos é o "dia do desporto", uma espécie de gincana com atividades culturais e atléticas, competições que envolvem raciocínio rápido, esforço físico e trabalho coletivo. Voluntários e alunos aproveitam e divertem-se bastante, e os pais comentam que estas atividades deixam os filhos mais motivados a estudar e a frequentar as aulas.

Participação dos pais

Em reuniões, os pais contam que os filhos estão mais educados e colaborantes. Por exemplo, muitos alunos começam a fazer a cama por iniciativa própria.

No VEPinho, a participação da família é essencial. O projeto preocupa-se com o envolvimento dos pais na vida do filho e também com a própria formação. Periodicamente, o VEPinho chama especialistas para dar palestras sobre educação dos filhos aos pais interessados.

Prémio

O VEPinho já foi convidado para o Mapa da Educação, evento que seleciona os melhores projetos dedicados educação no Brasil, e ficou entre os vinte melhores projetos inscritos.